Total de visualizações de página

segunda-feira, 22 de agosto de 2016

Poesia da oração




Nas palavras, na mente e no coração.
Na vontade, no desejo e na gratidão.
Pela a verdade e pela a atitude do perdão.
No reconhecimento, no temor que se prostra o chão.
Por uma mente pura
Com lisura e sem corrupção.
Por uma fé sem conjectura
E pela fidúcia da glorificação.
É ela que traz paz, alivio e dissipa a aflição.
Em si ela é poderosa
E não requer se quer uma explicação.
É o clamor que une os céus a terra
Na esperança sem depreciação.