Total de visualizações de página

quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Que vantagem têm os justos sobre os injustos?


Por Giliardi Rodrigues


Para uma resposta rápida sem muita análise – Nenhuma.

O sol nasce para justos e injustos, se o justo trabalha é dignificado por ele e o injusto da mesma forma. Se o justo planta é certo que colherá os frutos do seu esforço e o injusto da mesma forma. Existem justos ricos e injustos ricos, existem justos pobres e injustos pobres, o justo precisa de água e de comida, o injusto também. O justo fica doente e o injusto também. O justo pode ter família, empresas e ser bem sucedido e o injusto do mesmo modo.

Fato que neste mundo tudo é passageiro. As glórias são transitórias da mesma forma que os fracassos. A alegria é temporária igualmente com a tristeza. Tudo passa, tudo acaba. Nada, exatamente nada é permanente.

O certo é que ninguém poderia dizer que é alguma coisa, pois quando achamos que somos, estamos à beira de descobrir que não somos nada. Por exemplo, uma pessoa não poderia dizer que é dona deste carro, mas está dona deste carro. Pois um dia ela vai morrer, o carro vai acabar ou por qualquer outro motivo ela pode deixar de ser dona do carro. Logo, o fato de “Ser” também é transitório e passageiro. Prudente é pensar que sem nada vimos para este mundo e sem nada iremos partir deste mundo. Ninguém poderá levar roupas, carros, dinheiro, status, poder, filhos ou qualquer outra coisa quando a morte chegar.

Ora, se tudo neste mundo é passageiro, tudo aquilo que o justo construir e o injusto construir vão acabar. O injusto respira o mesmo ar que o justo respira. Que vantagem há em ser justo ou injusto?

Por incrível que pareça, o mundo em que vivemos é injusto. Uma pequena minoria leva grandes vantagens sobre a imensa maioria. Existem mais pessoas pobres do que pessoas ricas, mais pessoas que sofrem por algum tipo de doença do que pessoas totalmente sãs. Enquanto uma pequena parte da sociedade vive uma vida cheia de regalias, existem muito mais pessoas tentando sobreviver às dificuldades da vida e circunstancias da realidade.

Aceitando ou não, o mundo está contaminado pelo o mal da injustiça, marcado pelo o desequilíbrio humano. Os injustos levam muito mais vantagens sobre os justos. O pior é que o pouco de justos que há é corrompido pelo o mal da injustiça.

Se a nossa vida se resume somente a este mundo, pobres e miseráveis humanos que somos. Esperança e fé para muitos é utopia, mas com toda a certeza este mundo não é digno dos justos, há de ter um lugar resevado para os que têm fome e sede de justiça, há de ter uma terra onde à paz e a justiça se abraçam e andam de mãos dadas. Sim, os justos não buscam levar vantagens neste mundo, porque eles não pertencem a este mundo e as coisas deste mundo não pertencem a eles.

Por este motivo, as boas novas do Reino Eterno e vindouro alimentam a esperança dos justos. Não há dinheiro, ouro ou poder que possa ser negociado com a certeza de viver uma vida integra respaldada com a verdade e com a justiça.

sábado, 6 de agosto de 2011

O Mistério do Sete.


Em sete dias o mundo foi criado
Para durar sete mil anos.
Sete são os dias da semana
Sete representa perfeição.
Existem sete céus para sete submundos,
A terra foi dividida em sete continentes
E os povos com 70 idiomas diferentes,
O Messias reinará sobre a terra
No sétimo milênio,
O arco-íris tem sete cores,
Sete são as notas musicais,
Cada fase da lua dura sete dias,
No apocalipse são sete juízos
Com sete castiçais e sete candeeiros
Com o relato para sete igrejas.
Existem sete mares,
Sete maravilhas do mundo,
Sete pecados capitais,
Noé colocou na arca sete casais
De cada animal puro,
O sol emite sete tipos de raios,
Sete vezes cai o justo
E em todas ele se levanta,
Sete camadas tem a atmosfera da terra,
Deve-se perdoar setenta vezes sete,
São sete os algarismos romanos: I, V, X, L, C, D e M.
Com essas sete letras é possível escrever qualquer número
O átomo é composto por sete camadas,
Sete são os dons do Espírito Santo,
Sete representa a eternidade.

segunda-feira, 1 de agosto de 2011

"BARUCH ATÁ ADONAI ELOHEINU MELECH HAOLAM”.


Bendito seja o nome do Senhor Criador dos céus e da terra por toda Eternidade! Fiel é a tua palavra e justo teus mandamentos.

Agradeço de espírito e de coração toda a dádiva da graça que está sobre mim, por ter me resgatado do império das trevas para o Reino da Luz. Louvo por ter perdoado meus pecados e me limpado da imundícia da iniquidade. Adoro o Criador por tudo que ele fez, por tudo que ele faz, por tudo que ele há de fazer e acima de tudo, por tudo que ele “É”.

O Senhor é a minha paz e a minha fortaleza, o teu espírito me conduz pelas as veredas da verdade. Não há outro que possa ser comparado ao Eterno de Israel, pois ele é incomparável e inigualável.

Dia pós dia a benevolência do Senhor tem se renovado na vida daqueles que o buscam e o amam de mãos limpas e com o coração puro. Os anjos do Senhor acampam ao redor dos justos e os protegem de todo ataque do mal. O Eterno é bom e a sua bondade dura para sempre.

Grato sou por tudo, pois embora não merecedores o Senhor nos ama. Prazer tenho na lei do Senhor, os teus mandamentos desejo guardar dentro do meu coração para não mais pecar. Que o Espírito Santo possa nos instruir e nos conduzir nos caminhos de justiça e retidão.

Aqueles que buscam a face do Senhor serão renovados e restaurados para ser luz diante das trevas e homens segundo o propósito do coração do Eterno Criador de todas as coisas.

Que a vinda do Messias seja logo, pois os salvos anseiam pela a gloria que há de se manifestar em toda a terra. O povo que andava disperso, espera pela a grande reunião dos santos diante do trono Eterno.

 "BARUCH ATÁ ADONAI ELOHEINU MELECH HAOLAM”.
Amém!!!