Total de visualizações de página

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

CHEGA DE REFORMA E DE REVOLUÇÃO, O QUE A IGREJA PRECISA É DE RESTAURAÇÃO.

Por Giliardi Rodrigues


 

Chega de reforma,

Chega de revolução,

O que a igreja precisa

É de restauração.

A Casa de D'us é lugar de oração,

É lugar para os arrependidos

E para os contritos de coração.


 

Chega de mentiras e hipocrisia

A verdade não precisa de adaptação,

Chega de teologias profanas

A criação anseia por redenção.

O evangelho que foi esquecido

Deve ser buscado para a salvação.

A noiva (Igreja) precisa se purificar

Pois o noivo (Messias) já vem para a procissão.


 

As boas novas do Reino

Justifica o homem da corrupção,

Somos salvos pela a graça

Independente de religião.

Doutrinas, teorias e teologias de reformadores

Tem aparência de verdade, mas é enganação.

O Messias é o nosso Rei e salvador

Cremos somente no Eterno, ele é a nossa direção.

domingo, 19 de dezembro de 2010

Corpo, alma e espírito.

Por Giliardi Rodrigues


E formou o SENHOR Deus o homem do pó da terra, e soprou em suas narinas o fôlego da vida; e o homem foi feito alma vivente. (Genesis / Bereshit 1:7)

Pó da Terra (corpo) + fôlego de vida (espírito) = Alma vivente.

O homem não tem uma alma. O homem é uma alma vivente!

As escrituras sagradas dizem que o D'us Criador dos céus e da terra soprou um espírito no homem que havia criado e formado do pó da terra e este se tornou alma vivente.

O que é corpo?

Corpo é a matéria pelo qual o homem é formado. 

O que é espírito?

Em hebraico a palavra para espírito é Ruach, que significa fôlego de vida ou vento. Já segundo a língua grega espírito é pneuma, que literalmente significa vento.
A bíblia diz que D'us soprou (vento ou fôlego de vida) na imagem de barro que havia criado e este se tornou alma vivente. 

O que é alma?

Alma é a ajuntamento de fôlego de vida com corpo, ou seja, um ser completo. O homem foi formado através de dois elementos: Matéria + Espírito = Alma.

A alma é a vida, é o elo entre o espírito e o corpo. Está ligada diretamente a tudo aquilo que envolve a razão e os sentimentos humanos (inteligência, emoções, desejos, pensamentos...). A bíblia diz que quando uma pessoa morre o corpo volta a pó da terra pelo o qual foi formado, o espírito dela volta para D'us e a alma (vida) logicamente deixa de existir.

O estado do homem na morte

Não queremos, porém, irmãos, que sejais ignorantes acerca dos que já dormem (mortos), para que não vos entristeçais como os outros que não têm esperança. Porque, se cremos que Jesus morreu e ressurgiu, assim também aos que dormem, Deus, mediante Jesus, os tornará a trazer juntamente com ele. Dizemos-vos, pois, isto pela palavra do Senhor: que nós, os que ficarmos vivos para a vinda do Senhor, de modo algum precederemos os que já dormem. Porque o Senhor mesmo descerá do céu com grande brado, à voz do arcanjo, ao som da trombeta de Deus, e os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro. (1 Ts 4:13-16)

A origem da imortalidade da alma do paraíso não é bíblica, mas pagã. Essa doutrina nasceu na Grécia e influenciou o cristianismo através do pensamento platônico. Segundo a bíblia a morte é tratada como um estado de “sono”, ou seja, os mortos estão em um nível de inconsciência aguardando pelo o dia da ressurreição. As escrituras não sustentam a doutrina popular de que os mortos podem se comunicar com os vivos, pelo o contrário, enfaticamente refuta este ensinamento associando o verbo dormir como símbolo da morte (Dt 31:16; 2 Sm 7:12; I Rs 11:43; Jó 14:12; Dn 12:2; Jo 11:11, 12; I Co 15:51; I Ts 4:13-16).

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

A HERANÇA DOS JUSTOS, ou A VOZ DO POVO NÃO É A VOZ DE D'US.

Por Giliardi Rodrigues


 

Ser justo em um mundo injusto é como nadar contra a correnteza,

É andar na contramão dos rudimentos e dos falsos conceitos.

Ser santo em um mundo profano é como ser profeta no meio do deserto,

É falar e ninguém escutar, é advertir e ninguém ouvir.


 

A voz do povo não é a voz de D'us, mas a voz de D'us é a voz do justo. Um com D'us é maioria e a maioria sem D'us não é nada. Para D'us mais vale um justo do que o mundo inteiro.

A oração do justo pode muito com seus efeitos, os justos são os eleitos do Reino de D'us. Os justos são incorruptíveis e irrepreensíveis, os justos são homens de honra, os justos são misericordiosos, pacificadores, humildes e limpos de coração.

Muitas das vezes os justos são perseguidos, humilhados, torturados e ainda sim são chamados de bem aventurados, pois este mundo corrompido pelo o pecado não é digno daqueles que têm fome e sede de justiça.

Os justos têm temor e tremor diante do Eterno. Os justos têm prazer em obedecer aos mandamentos, os preceitos, as ordenanças e os estatutos da lei de D'us. Os justos nem sempre são homens perfeitos, mas homens que buscam viver a ética do Reino.

Os justos são monoteístas, guardam e zelam pelo o nome do Eterno, vivem pela a verdade, se alegram na alegria do outro, valorizam e dignificam a vida, não desejam o mal a ninguém, vivem pelo o respeito e o amor ao próximo, na casa do justo há abundancia de alegria, pois nunca se viu um justo mendigar o pão e nem a sua descendência.

Os justos não tiram vantagens na desgraça e nem nos sofrimentos dos outros. Os justos são retos, íntegros e honestos. Os justos sabem que não pertencem a este mundo, mas o mundo vindouro onde a paz, a justiça e o amor andam juntos.

Os anjos do Senhor acampam a redor dos justos e a mão do Senhor repousa sobre a cabeça daqueles que o amam. O mal não tem poder contra justos, pois no ultimo dia os justos prevalecerão. Os justos herdarão a terra, tomarão posse dela e reinarão juntamente com o Messias para todo sempre.