Total de visualizações de página

quinta-feira, 19 de março de 2015

Ouça minha voz.




Pai Eterno, bondoso e benevolente (...).
Bendito é teu nome de eternidade a eternidade,
Pois não há outro que se compare a ti.
Te agradeço porque me criaste e me deste vida,
Colocaste em mim teu espirito
E me deste inteligência
E entendimento para compreender que sem ti não sou nada.

Pai Eterno, te agradeço pelo o teu amor
E pelo o gozo de poder lhe servir em espirito e em verdade.
Derrama o teu espirito sobre mim
E unge minha cabeça com óleo,
Purifica o meu coração
Para que os meus lábios proclamem
O quão bom e agradável é estar em tua presença.

Pai Eterno, perdoe minhas iniquidades
E limpe todo pecado que ainda habita dentro de mim.
Quero me achegar a ti de mãos limpas
E com o coração puro.
Ensina-me os teus desígnios
E os teus caminhos
Para que eu possa deleitar na tua lei.

Pai Eterno, tu és a fonte de toda existência
E por isso a criação se prostra diante de ti em reverência.
Tu és soberano
E não há nada que não estejam no controle da tua destra.
Todos os povos da terra um dia conhecerão a ti
Se curvarão diante da tua presença
E proclamarão o nome santo do teu Messias.

Pai Eterno, tu sabes todas as coisas
E tu sondas o meu coração.
Enche-me com teu espirito
E me converge na tua direção.
O meu Desejo é caminhar em retidão a tua palavra,
A minha ambição é te adorar em espirito e em verdade
Que minha vida seja para ti um continuo louvor.