Total de visualizações de página

sábado, 29 de outubro de 2011

Enredos de mentira, ou Idolatria sórdida.




Sórdida atemporal
Cujos olhos não podem ver,
Idolatria dominical
Engana sem perceber.
Adoradores da trindade
Creem que não tem nada haver.
Amantes natalinos do sol
Cheios de deuses a ter.
Filhos espirituais de Ninrode
Proclamam sua mentira sem compreender.
Jazem no que não pode
Com a verdade a distorcer.
Criam enredos de teologias
Com teorias mentirosas a discorrer.
Oradores de alegorias
Com sofismas a fornecer.
Mas, um dia com certeza
Toda essa realeza irá se desfazer.
Eis que vem o Mashiach
Para o Reino Eterno estabelecer.
Quem tem ouvidos ouça: - Seja agora,
Antes que ser tarde para se arrepender.

sábado, 22 de outubro de 2011

Como posso compensar o amor que me constrange?


Por Giliardi Rodrigues



Se sem motivos me amas,
Confesso que careço,
Embora não mereça tanto amor.
Que razão faz amar um ser imperfeito e cheio de erros?
A verdade é que ninguém jamais conseguiu entender
E mensurar o que é “Graça ágape”.
Um amor que conduz um pecador ao arrependimento?
Um amor tão sublime...
Ao ponto de doar a própria vida para salvar a humanidade?
Isso é muito forte: Se o maior ensino é o exemplo, prontamente provaste essa verdade com integridade vivendo uma vida pura e sem hipocrisias.
“Amar somente que nos ama é muito fácil, maior mérito está em amar até nossos inimigos”.

Quero tanto aprender amar, a perdoar e acima de tudo pedir perdão,
Quero tanto humildade para reconhecer quem eu sou
Para ser aquilo que desejas que eu seja.
Se nasci para servir,
Logo quero ser conduzido aos caminhos do Reino para uma vida de adoração.
A minha oração é que perdoe meus pecados e minhas iniquidades,
Preciso tanto enterrar meu passado para viver a eternidade ao teu lado.
Ensina-me a andar pelas veredas da justiça por amor ao teu nome,
Tu és minha rocha, minha fortaleza e meu baluarte.
Proteja-me com teus braços fortes
E acolha-me aos teus aposentos.


sábado, 1 de outubro de 2011

O Caminho da salvação.
















O espírito que apraz no Senhor
Encontra paz, deleite e refrigério.
Não há nada mais maravilhoso
Do que viver a experiência
De estar na presença do Criador.

A luz que dissipa as trevas
Mana do trono Eterno
Para produzir plenitude
E trazer salvação
Aos pecadores arrependidos.

A justiça é como espada
Nas mãos dos justos.
A palavra é como uma lâmpada
No caminho dos que esperam
E se regozijam com a salvação.

A fé é um instrumento fundamental
Para os que confiam no Senhor
E buscam agradá-lo
Através da obediência
Aos teus mandamentos.

Os filhos do Senhor
Aguardam pelo o desejado
Das nações e Messias de Israel
Que virá para reinar desde Sião
Por toda eternidade.