Total de visualizações de página

quarta-feira, 3 de março de 2010

A tecnologia e seus efeitos.

Por Giliardi Rodrigues
O mundo desaba e se afunda em corrupção, guerras, assassinatos, idolatria, crimes de toda espécie, roubos, vícios, práticas sexuais ilícitas e total esfriamento espiritual.  O tempo vai passando e vamos aproximando do fim.
O planeta sofre grandes ameaças de destruições, seja naturais ou causadas pelo o próprio homem. São tsunamis, terremotos, maremotos, aquecimento global, enchentes, inundamentos e possibilidade de grandes meteoros se chocarem com a Terra. Sem contar que a qualquer momento pode estourar a 3ª guerra mundial por conflitos políticos e religiosos.
As doenças estão cada dia mais presente e encurtando a vida do homem, os últimos séculos foram palcos para manifestações e o surgimento de novas epidemias e doenças como a AIDS, gripe suína, vaca louca, gripe aviária, depressão aguda, stress etc.
Se por um lado a globalização e a modernidade trouxe avanço tecnológico, desenvolvimento para a ciência e invenções de equipamentos que facilitam a vida humana, por outro lado, esse movimento trará sérias consequências.
O planeta nunca foi tão explorado como nos últimos cem anos, o índice de poluição, de desmatamento e de exploração de recursos naturais nunca foram tão elevados. Diante destas circunstâncias as coisas vão se deteriorando e a natureza não consegue regenerar na mesma velocidade pela qual os recursos são explorados.
Muitas pessoas enchem a boca para falar que o homem está no ápice da evolução, que o mundo caminha para o futuro.
Creio que o principal motivo da evolução tecnológica é a ambição do poder e do dinheiro e/ou talvez em alguns aspectos na própria necessidade de sobrevivência diante caos criado pelo o próprio homem. Para criar algo é necessário destruir ou modificar alguma coisa, depois é necessário inventar outra coisa para tapar ou solucionar o problema de ter destruído ou modificado algo do seu estado original – e assim vai como se fosse costurando retalhos em pano de saco.
O pior de tudo são as consequências e as respostas de reação da natureza aos maus tratos do homem. A falta de educação e de respeito à criação faz com que o homem destrua o ambiente que foi criado para o seu bem estar. Cientistas ficam tentando descobrir se existe água na lua e em outros planetas na tentativa de recolonizar a sociedade na beira de racionamento de água.
Ora, o nosso planeta não tem mais água do que terra? Não seria mais fácil e mais prático cuidar do nosso planeta do que ficar buscando fontes de sustentabilidade em outros planetas?
A realidade fica bem parecida com o filme Avatar do James Cameron, que depois de esgotarem com os recursos do planeta terra, os terráqueos vão buscar fontes de energia em outros planetas?
Milhões de litros de petróleo são retirados da natureza todos os dias, esse mesmo petróleo que segundo os cientistas ficaram milhões de anos para ser formado no fundo dos oceanos vira combustível para motores que são queimados em poucas horas. E quando o petróleo se tornar escasso? Como irão transformar o ar poluído em petróleo?
Uma coisa é a ficção e outra é a realidade, será que o homem depois de destruir o seu planeta irá conseguir encontrar recursos para a sobrevivência em outros planetas?
O grande problema não é a tecnologia em si, mas a falta de respeito e de ética com a criação. Se o homem amasse a natureza usaria dos recursos da natureza de forma mais respeitosa, em vez de carros movidos a petróleo, talvez inventasse veículos a água ou a luz solar. Em vez de tantos produtos descartáveis que são usados apenas uma única vez e depois lançados de forma inadequada poluindo a natureza, usariam produtos com embalagens naturais que poderiam ser reciclados de forma natural pela a própria natureza.
A máxima da vida é amar a D'us sobre todas as coisas, quem ama a D'us também ama todas as coisas que foram criadas por ele. A terra é a colônia dos céus, o lugar perfeito que D'us criou para o homem morar. Tudo o que D'us criou viu ele que era muito bom, esse mundo não é do diabo, maligno é o sistema que o homem adotou para governar sobre a terra. O homem foi criado imagem e semelhança de D'us para ser gestor da criação, para reinar sobre ela e cuidar dela. A natureza foi criada para produzir sustentabilidade para o homem, por esse motivo quando o homem destrói a terra é está destruído o seu próprio lar. 

Um comentário:

Pastoragente disse...

Graça e paz!
Vim conhecer seu Blog e quero te parabenizar pela bênção que pude ver aqui.
Já estou seguindo.
Venha dar a honra de sua visita no PASTORAGENTE.BLOGSPOT.COM e, se quiser seguí-lo, vai ser uma alegria para mim.
Lá eu exponho da forma mais realista e divertida possível as situações, dúvidas e experiências de uma simples pastora como eu.
Fique na paz e o Senhor abençôe você e toda sua família.
Abração!!!