Total de visualizações de página

sábado, 2 de janeiro de 2010

Mashiach, Messias, Cristo e/ou Ungido

Por Giliardi Rodrigues


 


 

Um homem, um deus (Elohim), um profeta, um mito,

Para muitos um mestre, para outros um ídolo.

Para uma parte ela já veio, para outra parte ainda virá,

Enquanto centenas de milhares crêem no seu nome,

Outros insistem em duvidar,

Livros e mais livros já foram escritos a seu respeito,

Mas, poucos por direito sabe por quem a si tratar.

Dizem que ele é judeu, também dizem que ele é cristão, também há quem diga que ele é muçulmano, e existem teorias que ele é/ou talvez seja indiano...

Títulos, títulos e mais títulos...

Rabino, pastor, profeta...

Filho do homem, filho de D'us, filho de Davi, filho de Yossef, filho de Adão, filho de Maria...

O maior psicólogo que já existiu?

O maior profeta que ensinamentos proferiu!

O maior mestre que redarguiu!

Certeza! Certeza? Ninguém sabe e nunca viu!?

Mashiach, Messias, Ungido ou Cristo?

Afinal, quem é ele?

Um homem ou super homem!?

2ª pessoa da trindade? Hum... Acho pouco provável!

Será ele real ou uma metáfora bíblica?

Existem cabalistas que dizem que ele não é uma pessoa, e sim um "era".

Na Tanach está escrito que ele é o Melech Ben Davi (O rei filho de Davi) que virá para governar sobre as nações e trazer shalom (plenitude) sobre a terra.

A Torah diz que ele "é"maior que Moises (Devarim 18:15)

Os nevi'ins (profetas) o chamam de varão integro, justo e apto para governar e salvar o homem do pecado. O seu nome é maravilhoso, excelso, magnífico, tsedkenu, Emanuel, D'us salvador (Yah'shuah).

Genealogias sem fim, infinitos debates a seu respeito, inúmeros conflitos religiosos, até guerras e perseguições foram feitas em seu nome (inquisição),mártires foram executados em praça publica em fidelidade aos seus ideais.

Homens, mulheres, crianças, judeus, negros, cristãos, muçulmanos, chineses, índios... Morreram, morreram e morreram – uns por acreditar, outros por negar e mais outros por covardia e crueldade de homens sem D'us, sem amor e sem caráter.

Mas o Messias vem para pregar o amor e a paz? Sim! Infelizmente pessoas fundamentalistas, fanáticas, cruéis, covardes, assassinas, mentirosas e idolatras cometem atrocidades manchando o nome do unigênito e primogênito de D'us.

A bíblia diz que o messias seria um homem de dores, um servo sofredor, ele pagaria com sua própria vida em resgate dos seus. Um homem fiel a Torah e o obediente aos mandamentos do Eterno. A bíblia também diz que ele é um servo vencedor, o renovo que brotaria da raiz de Jessé para erguer o trono de Davi e governar sobre as nações com vara de ferro. Ele é justo, fiel e verdadeiro para abrir o livro da vida, ressuscitar os mortos, condenar os ímpios, destruir o mal, aniquilar a morte, salvar todos aqueles que foram remidos e lavados no sangue do cordeiro. Ele é rei de Israel, o tão prometido, ungido, desejado das nações, o único que é rei de direito e de fato, sacerdote legal pela a ordem de "Melk tzsedk", o Navi, o primeiro e o ultimo, superior aos homens e aos anjos, representante de Hashem diante da criação. O seu governo é e sempre será terno e eterno.

Ele é o caminho, a verdade e a vida, a palavra de Elohim que tabernaculou e se encarnou entre nós, da sua boca o que estava oculto na Torah foi revelado em forma de amor e a justiça, ao tocar no seu talit pessoas puderam experimentar o milagre da cura e da salvação. Pela a sua barba descobrimos que o messias é humano e pelo o seu olhar a experiência do divino, do sobrenatural dentro do natural.

Quando os cristãos descobrirem que ele não é um ídolo, nem o gênio da lâmpada do Aladim que fica realizando desejos de riquezas e prosperidade num mundo capitalista e corrompido pelo o pecado – com certeza vão aprender a serem mais caridosos e menos ambiciosos.

Quando os muçulmanos descobrirem que ele não é fundamentalista fanático religioso e nunca pregou ódio entre os povos – com certeza vão aprender que o Misericordioso e bondoso Deus ama todos os povos e não faz acepção de pessoas.

Quando os judeus descobrirem que o Messias é judeu, da tribo de Judá, da linhagem de Davi, que foi circuncidado no 8* dia, sempre se vestiu como judeu, sempre se alimentou de comida Kasher e sempre obedeceu a Torah – com certeza vão chorar amargamente por aquele que foi transpassado na casa de seus irmãos e vão se arrepender por não ter acreditado que ele sempre esteve perto e veio para salvar os seus e ajuntar as tribos perdidas de Israel para governar sobre as nações.

Quando todos os povos da terra, se prostrarem diante do trono que será sobre o monte Sião, e toda língua confessar que o Messias é Rei de todo o universo (abaixo apenas do Eterno e Todo Poderoso) – com certeza vão descobrir que é melhor obedecer do que sacrificar, é melhor o caminho da verdade do que a mentira, melhor a luz do que as trevas, melhor é o amor e a justiça do que qualquer outra coisa.

Negros, brancos, índios, mulheres, crianças, judeus, muçulmanos e cristãos viverão em paz e harmonia. Até mesmos os animais como o lobo,o cordeiro, o leão, a vaca e o urso pastarão e comerão juntos, sem um causar dano ao outro – a criança brincará com a serpente e ela não lhe causará danos. Se uma criança morrer com 100 anos, morrerá ainda jovem, não existirá pessoas de poucos dias e nem aciãos que não cumpra os seus.


 


 


 


 


 

Nenhum comentário: