Total de visualizações de página

quinta-feira, 9 de julho de 2009

Mediunidade é condenada pela a Bíblia.

Por Giliardi Rodrigues


 

"… Disse Saul aos seus servos: Encontre uma mulher que seja médium, para que eu a consulte com ela..." (1 Samuel 28:7).

A bíblia condena consultar a mortos, a mediunidade é pecado gravíssimo, segundo as escrituras as pessoas que faziam consultas mediúnicas poderiam até ser condenada a morte (Lv 20:27 / Dt 18:10).

O rei Saul foi enganado pelo o seu próprio desespero, D'us não falava mais com ele através de sonhos, nem por Urim e nem pelos os profetas. Saul havia entristecido D'us com suas atitudes, o Espírito Santo (Ruach Hakodesh) havia se retirado de Saul.

A mulher, então, lhe disse: A quem te farei subir? E disse ele: Faze-me subir a Samuel. (1 Samuel 28:11).

Como o espírito de Samuel poderia subir da terra? Sendo que a bíblia diz que quando a pessoa morre o espírito volta para Deus? Os espíritos que sobem da terra e que vem das profundezas são demônios. (Ap 13:11) e eles se transfiguram em anjos de luz para enganar os justos.


E não é maravilha, porque o próprio Satanás se transfigura em anjo de luz. (2 Co 11:14). Quando alguém morre o corpo volta para o pó da terra, como o era, e o espírito volte a Deus, que o deu. (Ec 12: 7).

Samuel era um profeta de alto gabarito e ungido por D'us, muito respeitado entre o povo de Israel, ele sempre condenou consultar a mortos. Pensar que D'us permitiria Samuel depois de morto se comunicar com os vivos através de uma médium seria uma grande incoerência.

Não presumas do dia de amanhã, porque não sabes o que produzirá o dia. (Provérbios 21:7).

O dia de amanhã pertence à D'us e não cabe o homem ficar buscando através de espíritos saber o futuro. Espíritos desencarnados não sabem de nada, os vivos pelo menos sabem que um dia que irão morrer, mas os mortos não têm memória, jaz na sepultura aguardando o dia da vinda do juízo de D'us.

E o rei lhe disse: Não temas: porém, que é o que vês? Então a mulher disse a Saul: Vejo deuses que sobem da terra. (1 Samuel 28:13).

Vejam que deuses estão no plural. Portanto a mulher não viu Samuel, mas deuses que sobem da terra, até mesmo ela ficou assustada ao ponto de começar a gritar, Saul achando que se tratava de Samuel tentou acalmá-la, os espíritos se apossaram do corpo da médium e enganaram ao rei Saul.

E lhe disse: Como é a sua figura? E disse ela: Vem subindo um homem ancião, e está envolto numa capa. Entendendo Saul que era Samuel, inclinou-se com o rosto em terra, e se prostrou. (1 Samuel 28:14).

Este texto é claro, Saul entendeu que era Samuel, mas será que o profeta havia se apossado de uma mulher feiticeira em uma seção espírita de mediunidade? Creio que Saul foi enganado pela a sua própria ânsia e desespero de querer ouvir alguma coisa da parte de D'us. Se Saul sabia que D'us falava somente através dos profetas, porque ele saiu Israel para procurar ajuda justamente a uma feiticeira?

Os profetas falam coisas da parte de D'us de forma consciente, D'us não permite que anjos e que pessoas que já morreram tomem posse de corpos de pessoas vivas, D'us já falou por muitas vezes e de diversas formas com o homem, mas jamais entrou no corpo de ninguém.

D'us pode falar através de anjos e de pessoas, mas jamais permitiu que pessoas ficassem possessas para anunciar a sua palavra. Espíritos imundos que vivem entrando em corpos de Pai de santos e médiuns para enganar as pessoas.

Samuel disse a Saul: Por que me desinquietaste, fazendo-me subir? Então disse Saul: Mui angustiado estou, porque os filisteus guerreiam contra mim, e Deus se tem desviado de mim, e não me responde mais, nem pelo ministério dos profetas, nem por sonhos; por isso te chamei a ti, para que me faças saber o que hei-de fazer. (1 Samuel 28:15).

E o Espírito do Senhor se retirou de Saul, e o que o assombrava era um espírito mau. (1 Samuel 16:1). A bíblia diz que o espírito de D'us se retirou de Saul, D'us não mais falava com Saul nem por Uri e nem pelos os profetas. (1 Sm 28:6), mas um espírito mau assombrava Saul.

Porque as obras da carne são manifestas, as quais são: Prostituição, impureza, lascívia, Idolatria, feitiçarias, inimizades, porfias, emulações, iras, pelejas, dissensões, heresias, Invejas, homicídios, bebedices, glutonarias, e coisas semelhantes a estas, acerca das quais declaro, como já, antes, vos disse, que os que cometem tais coisas não herdarão o reino de Deus. Mas o fruto do Espírito é: amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança. (Gálatas 5:19-22).

Saul estava atormentado e depois de ter encontrado com o pseudo-Samuel ficou mais desesperado ainda, pois o espírito imundo havia dito que ele morreria na mão dos filisteus, o rei ficou tão fora de si que antes que isso o acontece colocou sua espada de pé e atirou em cima dela.

Se este espírito fosse de Samuel, o profeta jamais mentiria para Saul, na verdade, esse demônio provocou foi mais medo no rei, pois ele sabia que não tinha nada pior do que se morto pelas as mãos de seus maiores inimigos, Saul suicidou e não morreu como o pseudo-Samuel havia falado.

Amados, não se deixem enganar por mentiras e por falsas afirmações que espíritos tomam conta de corpos de médiuns para falar com os vivos, a bíblia diz que o demônio estar ao nosso derredor tentando achar uma brecha para nos enganar e depois nos matar, existem milhares de pessoas que vão a centro de mediunidade tentando falar com seus entes queridos que partiram deste mundo, espíritos malignos se transfiguram e se manifestam através dos médiuns revelando segredos íntimos e conversando com a mesma voz da pessoa que já morreu.

Existem pessoas que pagam fortunas só para ter um contato com o além, a maioria fica com sua vida arruinada depois destes supostos encontros com pessoas que já morreram, outros fazem orações para mortos e vivem pedindo intercessão a imagens de esculturas, a bíblia diz que o único que morreu e ressuscitou é Jesus, portanto ele é o único mediador entre D'us e os homens, espíritos e imagens de esculturas não podem fazer nada, pois estão mortos.

Não tenho por objetivo ofender a fé de ninguém e muito menos querer convencer ninguém a respeito do que eu penso, mas se judeus, católicos, protestantes e espíritas tem a bíblia como manual de fé e crêem que ela é a palavra de D'us, tudo o que eu escrevi estar na bíblia.

Toda a Escritura, divinamente inspirada, é proveitosa para ensinar, para redarguir, para corrigir, para instruir em justiça. (2 Timóteo 3:16).

Nenhum comentário: