Total de visualizações de página

domingo, 31 de maio de 2009

A graça, o pecado e a lei de D'us.


Por Giliardi Rodrigues


Veio, porém, a lei para que o pecado abundasse; mas, onde o pecado abundou, superabundou à graça. (Romanos 5:20).

Muitos usam este versículo para dizer que devemos viver na graça e não debaixo da lei, mas será que foi isso que o apostolo Paulo quis dizer na carta aos romanos?

O pensamento hebraico está na contramão do pensamento cristão ocidental, viver na graça é viver em plena obediência a lei de acordo com a revelação da palavra de D'us. A graça não é dom exclusivo do novo testamento, pois graça é uma dádiva de D'us e significa favor não merecido.

A graça de D'us superabundou onde abundou o pecado decorrente da desobediência da lei de D'us. O fato de alcançar a salvação através da graça e sermos lavados e remidos no sangue de Jesus não estamos isentos da obediência a palavra de D'us.

Ora, é através da graça é que alcançamos a salvação. O apostolo Paulo está dizendo que o homem que vive no pecado e em desobediência a torah (lei de D'us) é que precisa da graça, da misericórdia e do amor de D'us para se salvar.

Ninguém foi salvo do mundo para continuar pecando, somos salvos para um objetivo e para um propósito.

Quem estar no mundo vive em pecado e não tem referência do que é certo ou errado. Certa vez um amigo me perguntou:

- Qual é o problema de um homem ficar com muitas mulheres se ele não é casado?

E eu perguntei para ele:

- Você ficaria feliz de saber que amanhã a sua esposa pode ser uma dessas mulheres que pensam como você e ficam com dezenas de homens?

O mundo não oferece para ninguém um parâmetro de ética e moral.

A graça superabundou onde abundou o pecado, a lei de D'us tem por objetivo de nos manter longe das contaminações e porcarias que esse mundo nos oferece.

Sabemos que somos de Deus, e que todo o mundo está no maligno. (1 João 5:19)

O salvo do mundo tem prazer na lei de D'us e nela ele medida de noite e de dia para não mais voltar para os rudimentos do mundo. O salvo não tem prazer no pecado e nem D'us tem alegria na morte de um pecador.

Os que são escravos do mundo têm muitos ídolos, servem centenas de deuses, desonram as autoridades, não honram seus pais, mentem, trabalham como loucos e vivem reclamando, adulteram, prostituem, roubam, são usurpadores, enganadores, são invejosos, são dependentes de vícios como drogas, bebidas e jogos, praticam homossexualismo, pedofilia, zoofilia e acham tudo isso normal.

Mas graças a Deus que, tendo sido servos do pecado, obedecestes de coração à forma de doutrina a que fostes entregues. E, libertados do pecado, fostes feitos servos da justiça (Rm 6:17-18)

Antes vivíamos como escravos do pecado, a graça de D'us nos resgatou para que possamos viver como servos do Reino da justiça.

Ser salvo significa ser livre para exercer o livre-arbítrio, liberdade essa em poder escolher entre o bem e o mal, entre o certo e o errado, entre a justiça e a injustiça. Ser liberto do mundo é ter opção de pecar e não pecar, e ainda sim escolher o caminho do bem, da justiça, do certo e da obediência a lei de D'us.

Aquele que recebeu a graça de D'us e foi salvo e liberto do mundo do pecado, tem prazer em servi a um único D'us, em honrar seus pais, em respeitar as autoridades, em trabalhar com alegria e em repousar no dia do Senhor (shabat), em amar e ser fiel ao seu cônjuge, em ser honesto, em viver a verdade, em não fazer fofocas e nem falar mal dos outros.

O julgo do mundo é pesado e escraviza o homem, a lei de D'us é leve, suave e traz vida e liberdade para o que vive em fidelidade e pela dependência a palavra de D'us.

Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração; e encontrareis descanso para as vossas almas. Porque o meu jugo é suave e o meu fardo é leve. (Mt 11:28-30)

Um comentário:

A Bíblia Fala disse...

Parabéns irmão pelo belo artigo. A verdade bíblica é esta, ninguém é salvo para pecar. "Pecado é transgressão da lei", conforme I João 3:4). Somos salvos para viver em santidade com Deus, pois Deus diz: "Sede santos como Eu Sou santo." Jesus ensinava: "Se me amardes guardareis os Meus Mandamentos." E os mandamentos foram escritos pelo dedo de Deus e estão escritos em Êxodo 20. Deus o abençoe sempre.