Total de visualizações de página

segunda-feira, 19 de janeiro de 2009

Esta será tua decendência... Gn 15:5

Depois de uma longa travessia no deserto, um homem continuava buscando um lugar para descansar.

Um lugar onde houvesse um pouco de sombra. Somente depois de vinte dias encontrou uma árvore. Ao vê-la, teve também a esperança de encontrar um pouco d'água.

Ao aproximar-se, deparou com uma pequena fonte. Esgotado, provou dos frutos da árvore e matou a sua sede. Reviveu. Restaurado, no momento de prosseguir seu caminho, deu meia-volta e disse à árvore: "Como poderei abençoar-te, querida e formosa árvore?

Que seja bela e forte? Já o és! Que a tua sombra seja prazerosa? Já o é! Que tuas frutas sejam deliciosas? Já o são! Que tenha água para abastecer tuas raízes? também estás repleta de água cristalina!

Como poderei abençoar-te?

Minha bênção será: que todos os arbustos e ramos que cresçam de ti pareçam contigo!


Rabi Iohanan.

Nenhum comentário: