Total de visualizações de página

segunda-feira, 1 de dezembro de 2008

Por que Deus se revela aos humildes?

(Mateus 5:3) Bem-aventurados os humildes de espírito, porque deles é o reino dos céus.

(Tiago 4:6) Deus resiste aos soberbos; dá, porém, graça aos humildes.

(Marcos 10:14) Em verdade vos digo que qualquer que não receber o reino de Deus como criança, de maneira nenhuma entrará nele.

(I Corintios 2:14) Ora, o homem natural não aceita as coisas do Espírito de Deus, porque para ele são loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente.

Existem duas maneiras do homem assumir uma verdade para si: Pela experimentação dos sentidos e pela experimentação da fé. Quer um exemplo? Ponha a mão no fogo. Você certamente não me obedecerá, porque já assumiu para si a verdade de que certamente se queimará, por conta do registro desta experiência na sua memória, anteriormente dada pelos seus sentidos. Pois em algum dia você aprendeu experimentalmente que a causa pela qual não se põe a mão no fogo, é que ele queima e o efeito desta causa é a dor. É assim, com os sentidos, que o ser humano guia a sua vida e agrega conhecimento acerca do mundo. Deus não condena o esforço racional. Nenhum problema há nisso, se você guardar consigo certos princípios que lhe asseguram prudência: Você não pode conhecer as causas de todas as coisas por meio dos sentidos, você não pode saber tudo, nem compreender todas as verdades. Seria muita pretensão e soberba acreditar que todas as verdades e todos os elementos do universo se rendem aos meros 5 sentidos do homem. Por isso, ao recusar que possui limitações de conhecer tudo plenamente, o homem entra em estado de soberba.

Vejamos o ponto de vista da fé, como é bem diferente do ponto de vista dos sentidos, da razão. Em primeiro lugar, não se assume a verdade pela fé, compreendendo a sua essência ou a sua causa, mas concluímos pelo seus efeitos. Vejamos o exemplo: "(João 14:6) Disse Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim. Neste exemplo percebemos que Jesus diz ser o caminho, a verdade e a vida. Do ponto de vista da verdade proveniente dos sentidos, desejaríamos saber o fundamento que alicerça as afirmações de Jesus. Assim perguntaríamos: Por que Jesus é o caminho? Por que Jesus é a vida? Por que Jesus é a verdade? Mas não obteremos estas respostas assim. Por que? Entenda que verdades como estas são maiores do que a mente e a filosofia humana pode cogitar ou supor. Não obstante, elas continuam acessíveis, por meio da fé. A fé é maravilhosamente o elo que nos permite vivenciar verdades grandes demais para nós. E uma vez assumida tal verdade por meio da fé, que Jesus é o caminho, a verdade e a vida, passamos a experimentar os efeitos desta verdade. A nossa vida muda, a nossa realidade se transforma. É aí que podemos testemunhar a verdade assumida pela fé. Seus efeitos são reais.

Esta, pois, é a frustração daqueles que se apegam a filosofias humanas e a ciência com pretensão de querer resolver todos os problemas e de compreender todas as coisas. Querem sujeitar ao crivo de suas pequenas racionalidades, verdades que mal se podem traduzir em palavras na pobre linguagem humana. Conseguintemente, rejeitam a verdade, rejeitam a pedra angular. E por não a experimentarem pela fé, não podem vivencia-la, não podem testemunhar seus efeitos.

E aqui chegamos ao ponto máximo da questão, com a seguinte conclusão: Não há como ter fé, sem antes ser humilde. Não há como tomar posse do único elo que nos permite vivenciar verdades grandes demais para nós, sem nos humilhar, sem assumir que nossa capacidade de compreensão da realidade é tal qual a de um bebê que balbucia as primeiras palavras. Como eu havia dito, o homem entra em estado de soberba quando se recusa a aceitar que tem grandes limitações para conhecer plenamente certas verdades. E é por isso que a eles, tais verdades parecem loucura.

(Hebreus 11:6) Ora, sem fé é impossível agradar a Deus; porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe, e que é galardoador dos que o buscam.

Por isso Deus é revelado aos humildes. Porque eles não se apegam a si mesmos para buscar as verdades que pelas próprios esforços mentais jamais terão acesso. Antes, assumem para si prontamente estas grandes verdades por meio da fé e vivem nela, se deleitando nos seus maravilhosos e reais efeitos pouco importando se podem compreender sua essência, sua razão última. Maravilhosamente a fé é de alcance de todos, independente de qualquer esforço. É a reviravolta da vida, que tornam pequenos os soberbos, e os humildes grandiosos e sábios diante de Deus.

Nenhum comentário: